DDA do dia – Blog recap

Seguindo o calendário informal, o ano só começa após o carnaval. Mas pra gente o ano começou no dia 8 de fevereiro, data da estreia do blog. Own… Muito amor! Nesse post farei um recap de todos os lugares que visitei do dia 21/02 e que eu já havia prometido que faria um comment. Pega um drink e vem.

Pra começar, é com muita alegria que chegamos a 21 dias de existência, nesse período visitamos diversas lojinhas, cometemos algumas loucurinhas gastronômicas, demos várias dicas de moda, beleza e lazer. E nós passamos por tantos lugares, que fica difícil fazer um post para cada um. Mas vale o recap.

No dia 21/02, mesma data em que fizemos aquele master rolezinho nos Jardins, visitei também a Zara, o Mc Café e finalizei meu dia no Roppongi, novo restaurante oriental do Itaim. Eu faria um post especial sobre a Zara, minha loja predileta do coração, mas quer saber? Não vale a pena. Visitei a Zara 5 vezes só no ultimo mês, experimentei de um tudo, como vocês devem imaginar, e não comprei NADA!!! Nem eu acreditei… Para me certificar que não estava ficando louca, voltei de novo, visitei todas as seções novamente, provei tudo, e continuei sem comprar nem uma única pecinha. E só pra você ter uma noção do grau do vício, adoro e amo muito todas as coleções da Zara, mesmo sabendo que todas as peças são cópias idênticas de outras marcas, e todas as peças são made in Tchaina. Mas o fato é: ou eu me curei desse vício, ou a coleção atual está bem xoxa – a modelagem das calças já não é mais aquela (provei umas 20 e não gostei de nenhuma), e as blusas então, parece que falta um cuidado… Não sei se é porque a moda agora é minimal, e eu odeio essa coisa meio reta, simples, ampla… meio sem sal – vou pro culto(!) Não gostei. Pronto, parei.

Saíndo da Zara, passei no McCafé, no Iguatemi mesmo. Bem fofo, agora (nem sei quanto tempo faz isso) ele fica num pedacinho onde ficava uma das lojas mais tradicionais do Mc, perdendo apenas para o casarão na Paulista, que fechou, e para o Mc da Henrique Shaumann, esse continua firme e forte. No Mc Café você vai encontrar  tudo pronto, quentinho, quadradinho e na medida, mas é só. Não vá esperar um suuuuuuper café ou um pão de queijo dos deuses. O café do Mc é bom para uma pausa e o que realmente chama a atenção são as instalações, ao menos no Iguatemi, ele fica num cantinho quase fechado, ideal para dar um tempo da vibe do shopping ou fazer uma ligação, ou pequena reunião. Cute.

Continuei o role no Iguatemi e vi as lojas deslumbrantes da Louis Vuitton, Louboutin, Chanel, Marc Jacobs, Gucci… Um sonho, né? Todas vazias, se é que você querer saber. Sabe qual era a única loja com fila no caixa? A Zara! Prometo que não toco mais nesse assunto. Saindo do Shopping bem feliz com a minha sacolinha da C&A, acredite, fui me encontrar com um amigo num restaurante recém inaugurado no Itaim – o Roppongi. Pra resumir, se você for ao restaurante, é de bom tom fazer a reserva com antecedência. Ah, os preços são beeeeem salgados e com wasabi incusive, então vá preparada. Mas quer saber? Vale cada centavo. Ali os sashimis ganham temperinhos bem especiais e há outros peixes que você não encontra em outros restaurantes do mesmo tipo. É tudo limpo, lindo, moderno, organizado e o atendimento – primoroso!

Nas próximas semanas pretendemos visitar outras lojas, shoppings, restaurantes, bares e trazer mais dicas culturais. Ah! No dia 2/03, na Casa das Rosas, vai rolar a Fanzinada da Mulherada. A Casa antecipou a comemoração ao Dia das Mulheres e organizou esse evento divertido com direito a shows, artes, poemas e comprinhas. Se você estiver em Sampa, sem dúvida esse é um passeio que vale a pena fazer antes de se jogar nos bloquinhos do Centro. Aproveite o feriado e divirta-se! #GoRed

Anúncios