O Bolo do Estacionamento

Gente, vou ser curta e grossa agora: “Tá caro!” é o novo pretinho básico. Escuta aqui, 75 Reais a diária de um estacionamento, 485 o mensal, 30 pra fazer as unhas, 120 o shampoo, e quem é que ganha pra bancar todo o resto? E se ganha, ganha quanto? Escuta, como disse um amigo, vou abrir uma firma de “roubo” pra ter CNPJ e pagar menos imposto. Afinal de contas é o que mais ou menos as empresas fazem. E você, sem opção, paga. O mais bacana é ver a cara de nojo da tiazinha do caixa quando você questiona o preço das coisas… Muitas vezes acho que estou lidando com a dona do estacionamento, do mercado, da loja, da padaria… Falando em padaria, a Marina tem uma história muito boa. Esses dias ela me contou que estava na porta de uma padaria, quando de repente um senhor a abordou pedindo humildemente para que ela comprasse alguns pãezinhos e refrí para as crianças dele. A Marina, muito gente boa (MUITO) entrou com o tiozinho na padoca, na maior benevolência do século, e o tiozinho foi logo se antecipando para a atendente: -“Me vê esses pães e aquele bolo ali!”. Oi? Bolo? Em que momento do pedido “humilde” estava inserida a palavra bolo? A situação tá tão ridícula, que não dá mais pra fazer um simples gesto caridoso por compaixão para terceiros. E lá foi a coitada da Marina se posicionar pra impedir a aquisição do bolo entrometido em questão. De lascar!

E discutindo sobre o preço das coisas, obviamente começamos a falar sobre moda. Roda roda, e o assunto sempre vai parar na sacola. Vocês já repararam que o look que as blogueiras de moda vestem e chamam de “Look do Dia”, é tudo, menos um look do dia? Numa outra ocasião, estava visitando um blog-amigo e vi uma roupa incrível para uma balada. Mas a foto havia sido tirada durante o dia, a blogueira estava no meio da rua e tudo indicava que este look seria ideal para um rolezinho descomprissado… para um café à tarde talvez. #SQN E aí? Já experimentou sair toda montada para o trabalho, pra feira, pro salão ou pra padaria? PQP! Desse jeito vão te pedir pra comprar croissants, champagne e tentar encaixar um caviar no humilde favor… Minha gente… O Brasil já acabou faz tempo, só esqueceram de nos avisar via WhatsApp. Nem quero imaginar na Copa, até lá já terei mais concorrentes para a minha “empresa”. País do futuro my ass. Tão do futuro que não estaremos vivos para ver. Na saga em busca de um estacionamento para deixar o meu carro no período de 9h por dia, descolei uma super pechincha. Contrariando a situação descrita acima, hoje a moça do caixa até olhou pra mim com a maior cara de pena, consegui um desconto especial e a mensalidade sairia por R$ 1.150,00 (um mil cento e cinquenta Reais). Fiz questão de digitar o valor corretamente e por extenso para que você percebesse a situação com o mesmo “realismo” que eu. Tô tão revoltada que não quero mais continuar esse post e, portanto, deixo abaixo a solução mais viável até agora… #Help

 

Anúncios