Going bananas

Não é de hoje que torcedores atiram bananas nos jogadores. Neymar já passou por isso no jogo amistoso contra a Escócia em 2011.  O jogo foi em Londres, terra da Rainha, onde tudo supostamente deveria ser de primeiro mundo, incluindo a educação, mas nãoooo!

Numa partida do campeonato russo, outro torcedor jogou uma banana para Roberto Carlos, sim, as pernas mais bacanas do futebol também já receberam uma bananinha. Tudo bem que após o ato reprovável, o fulano que jogou a fruta pediu desculpas publicamente, mas vamos combinar que não é só pedir desculpas, bom mesmo é reconhecer o erro e não repetí-lo.

Neste último final de semana, a vítima foi Daniel Alves, lateral do Barcelona, clube espanhol. O jogador tirou de letra a situação, aproveitou para fazer um lanchinho e depois ainda disse que “banana evita câimbras!”.

Fico horrorizada com o tratamento que o ser humano tem dado ao próximo. Não existe, na minha humilde opinião, distinção entre cor de pele, religião etc… Pra mim existe distinção entre amor e ódio, respeito e falta de respeito, gentileza e grosseria.

Não deveríamos nos importar se a pessoa é roxa, pink, cyan, pois ainda bem que existem diversas cores! Deveríamos nos importar se a pessoa tem ou não caráter, se respeita ou não o próximo, se é do bem, se cuida bem de seus familiares, se é paciente e gentil com crianças e idosos (pois um dia todos iremos envelhecer e óbvioooo que vamos querer ser tratados com carinho e respeito), se tem amor no coração… Aliás, RESPEITO caiu em desuso, não é possível! Acho que o mundo já acabou e esqueceram de nos comunicar.

Que negócio é esse de jogar banana para uma pessoa? Por um acaso ela pediu ajuda na compra de frutas? Mesmo que o tivesse feito, garanto que você não joga comida ao seu bichinho de estimação, você entrega na boca, portanto, por qual motivo se jogaria comida a seu próximo? Somos animais sim, mas somos socializados, ou deveríamos ser. Somente um ser menor, cheio de rancor, inveja e ódio desrespeita seu próximo desta forma. Não sei e nem quero saber quem foi o infeliz que fez isso com o jogador de futebol, mas tenho certeza que a inveja do fulano é tamanha que precisa tentar humilhar o outro para se sentir alguém. Digno de pena.

A questão não é se somos ou não todos macacos, a questão é bem pior: somos todos ou não uns bananas? Sim bananas!!!!! Pois não levamos adiante nada que acreditamos ser certo para a coletividade. Desistimos muito fácil do que queremos e desejamos por encontrar empecilhos e “achar” que nada vai mudar, então, para não gastar energia e por temer represálias, simplesmente desistimos de exercer nosso direito civil de ter um País ou um mundo melhor para TODOS. Lembram dos R$ 0,20? No final o que deu? NADA!!!! Tudo virou uma bagunça generalizada e descompensada. E o transporte, os impostos, a gasolina, o mercado, tudo aumentou….

Pessoas, sejam mais pessoas!

Lembrem-se: o mundo é multicolorido!!!!

Daniel Alves e todos que sofreram com qualquer tipo de discriminação, contem com minha solidariedade. Preconceito é cafona!!!!!

E quanto a banana, podem mandar! Vou pedir para Marina fazer um bolo, ou uma nova receitinha ;)

Bjokas

A rainha das bananas

A rainha de todas as frutas

Anúncios