Vai ter Copa, Bang Bang e Mimimi

copa 2

Só pra comemorar, vou criar um evento no Facebook convidando as pessoas para curtirem a sexta-feira: “Yes, com ou sem Copa hoje é sextaaaaaa! #TodosBebe”. #SQN Justamente porque tudo, leia-se T-U-D-O nessa internet virou motivo de reclamação e recalque, até as brincadeirinhas típicas viraram motivo pra TPM Universal. Minha gente, pra mim a melhor definição que já deram das redes sociais é que elas seriam como o busão da excursão do ginásio. #Apenax Tem a turma do fundão, os nerds, os esportistas, as piriguetes, os certinhos, a turma do psiu, os maconheiros, os apaixonados… Obrigada ao gênio que bem definiu o que é isso daqui e onde estamos. Por favor, não criem expectativas de que se trata de um lugar sério, onde as pessoas travarão discussões fundamentadas em teorias e pesquisas científicas de filósofos e psicanalistas do século passado… Bitch, please! Relax and enjoy.

Screen shot 2014-05-30 at 12.23.08 AM

Como se não bastasse voltarmos ao século  XVI, e presenciarmos a guerra entre os índios e a cavalaria em Brasília, estamos bem a beira de um colapso moral, social, político e civil com a aposentadoria prematura do presidente do STF, Joaquim Bardosa. Neste momento, a melhor coisa que vocês poderão ler nessa internet de meu Deus é – Fujam para as colinas! Nesse batidão de acontecimentos, e no ritmo do funk ostentação, tá tudo dominado e o PCC vai invadir geral. Vai ter Copa, coca, crack, pico e fumo pra todo mundo. Segurem seus celulares, carros, apartamentos e empregos – o bicho vai pegar.

Voltando ao mimimi, as agências de publicidade têm sofrido pencas com a elevação do mimimi e da TPM universal a categoria dos novos “dos and don’ts” da sociedade. Lei da liberdade de expressão pra quê? Vamos ouvir todas as minorias e seus argumentos muito válidos e derrubar a propaganda, porque afinal de contas é isso que está errado no Brasil – a propaganda. Tá boa! Senta lá… E se você ficou por fora do mundo nessa semana, adicionei alguns links aqui pra você se atualizar e poder participar da conversa do bar. Porque afinal, é o destino de todo lixo que a gente lê na internet.

Simbora estudar, people? Enquanto tem gente reclamando da Copa, da propaganda, dos eventos fake do Face, a vida passa. E passa muito rápido, viu? Quem aí está feliz, realizando, vislumbrando um futuro melhor? Bora levantar a cabeça da tela do celular e olhar o mundo ao redor. Tá feia a coisa. Mas hey, não dá só pra reclamar. Uma das frases que eu mais gosto do Budismo fala exatamente sobre o momento em que estamos vivendo – antes de querer salvar o mundo, ajude quem está ao seu lado, seu amigo, sua família, seu vizinho, sua comunidade… Hoje em dia todo mundo resolveu levantar uma bandeira de algum coisa, mas olhando mais a fundo para a vida do “salvador” verá um vazio imenso entre a o discurso e o ato, a aparência e a existência. Esse post tá ficando muito louco, ou louca é a realidade em que vivemos? Que nos deixa alheios ao mundo real ao redor.

Até nas situações menores do dia a dia tenho sentido muito a falta de uma certa leveza… Sabe o quê? Ninguém chega pra você e diz: – “Hey, naquele dia lá, não gostei do jeito que você falou… Podemos conversar?” Parece simples, né? Mas não é… Pare e pense. Ou ninguém tá afim de dar uma chance pro outro, viramos mesmo um arquivo a ser deletado, ou as pessoas não suportam mais lidar com a verdade. Falta maturidade ou o mundo em que vivemos não prioriza mais o cara a cara. Cadê a atitude e a coragem das pessoas nessas horas? Só existe atrás da tela? Ah, sei… A falta de caráter dos nossos governantes escorreu por todas as camadas da sociedade e criou raízes no povo, só pode. Não sei, mas não vejo um final feliz para quem só curte e comenta o rótulo das coisas. Do lado de cá, já quero comprar um colete a prova de balas, um arco e uma flecha. Acho que no Embu vende. Ruim com Copa, pior sem Copa. E depois, o que vai sobrar?

Anúncios